ESPORTES | PARAIBANO 2020

Após 7 anos sem atuar profissionalmente, atacante volta ao Campinense




Divulgação/ Campinense Clube

Vice-artilheiro e campeão paraibano com o Campinense em 2008, ano em que também conquistou o acesso à Série B do Brasileiro com o Rubro-Negro, o atacante Fábio Júnior se apresentou ontem no Alto da Bela Vista.

Dez anos depois, o “Cantor”, como a torcida raposeira o chama carinhosamente, vai voltar a defender a camisa aristocrática em um contexto, no mínimo, curioso.

É que Fábio Júnior não joga profissionalmente desde 2012, quando deixou o futebol do Egito após a “Tragédia de Port Said”, briga generalizada entre as torcidas de Al-Masry e Al-Ahly, que culminou com 79 mortes e mais de mil feridos.

Aos 37 anos, o jogador desembarcou em Campina Grande nesta quinta-feira (05), realizou exames médicos e já começou a treinar na Toca da Raposa.

– É um recomeço. Poderia ter escolhido outras equipes que entraram em contato comigo, mas escolhi o Campinense por tudo que esse clube me proporcionou – comentou Fábio Júnior, em postagem da assessoria de imprensa rubro-negra.

Neste sábado (07) o time comandado por Oliveira Canindé faz seu primeiro teste da pré-temporada. Será em um jogo-treino contra o Náutico Clube do Retiro, em Lagoa Seca.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES  |  30/04/2020 - 05h





ESPORTES  |  17/04/2020 - 23h


ESPORTES  |  15/04/2020 - 14h