GENTE

Erros do piloto levaram à queda de avião com Gabriel Diniz
Cantor do hit 'Jenifer' morreu aos 28 anos em acidente no município de Estância (SE) em 2019.




Reprodução

A Força Aérea Brasileira (FAB) concluiu em investigação que as condições meteorológicas adversas, além da atitude e indisciplina de voo do piloto provocaram a queda da aeronave que resultou na morte do cantor Gabriel Diniz. O relatório do acidente foi elaborado pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) e divulgado nessa quinta-feira (29).

 
No relatório consta que o piloto não avaliou adequadamente os parâmetros para a operação da aeronave com a decisão do prosseguimento do voo em condições meteorológicas desfavoráveis. Além disso, a aeronave não estava equipada com radar meteorológico e não era certificada para voar sob Regras de Voo por Instrumentos (IFR), sendo autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) operar sem Condições de Voo Visual (VMC).

Conforme a investigação, o piloto Linaldo Xavier estava somente qualificado para realizar o voo em rota em condições estritamente visuais.

A aeronave caiu no Povoado Porto do Mato, no município de Estância, em Sergipe, no dia 27 de maio de 2019, provocando as mortes de Gabriel Diniz e dos pilotos Linaldo Xavier e Abraão Farias.

 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






GENTE  |  04/12/2020 - 12h

Uiraúna - PB