POLICIAIS | Caso Patrícia Roberta

Suspeito de matar Patrícia Roberta ocupará pavilhão isolado em presídio
Jonathan ficará no pavilhão PB-4 do Presídio do Roger, destinado aos detidos que correm riscos.


Reprodução

Jonathan Henrique, de 23 anos, suspeito de matar a própria amiga Patrícia Roberta, de 22, foi transferido da Central de Polícia, no Geisel, para o Presídio do Roger. Ele estava cumprindo quarentena de 14 dias em um anexo da penitenciária localizado na sede da Polícia Civil e foi levado ao Roger, no sábado (8).

Assim como todos os presos, Jonathan Henrique cumprirá um período de cinco dias em cela de reconhecimento, segundo informou a Seap ao ClickPB. Depois desse período, o preso será colocado no pavilhão PB-4 do Presídio do Roger, setor destinado aos detidos que correm riscos. 

 
No caso de Jonathan, o risco de morte se deve a repercussão e circunstâncias que envolvem a morte da amiga dele, Patrícia Roberta. Ela foi encontrada morta, no último dia 27 de abril, em um matagal após desaparecer, no dia 25, depois de ter vindo de Caruaru até João Pessoa, no dia 23, para encontrar o amigo de infância.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLICIAIS  |   16/06/2021 08h40

Sousa - PB
 

POLICIAIS  |   16/06/2021 08h29

Cajazeiras - PB
 

POLICIAIS  |   15/06/2021 09h00