POLÍTICA

Prefeita é acusada de promover aglomeração e queima de fogos
Em nota, Leninha Romão falou sobre o caso.


Reprodução

A prefeita do município de Uiraúna, Leninha Romão (PP), está sendo acusada de promover uma verdadeira aglomeração e queima de fogos no Dia de São Pedro, comemorado nessa terça-feira (29), justamente para celebrar a chegada de uma emenda parlamentar no valor de R$ 8 milhões, de autoria do deputado federal Wellington Roberto (PL).

 
O fato é que o município está sob bandeira vermelha por conta do aumento de casos de contaminação pela Covid-19 e estava sob lockdown, conforme o decreto municipal baixado pela prefeita proibindo realização de festejos juninos entre os dias 24 a 29 de junho.

Uiraúna é um dos oito municípios mantidos com a pior avaliação do Plano Novo Normal do governo da Paraíba em vigor.

A animação da prefeita ultrapassou ainda as medidas do decreto estadual e ela própria convocou, através da mídia, a população para se reunir em frente a sua residência para comemorar a conquista da emenda onde houve a queima de fogos e um paredão de som com músicas de forró e as pessoas circulando pela local, conforme vídeo que foi veiculado na internet.

 
A prefeita emitiu nota sobre o fato
 




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   28/06/2022 11h16

Uiraúna - PB
 




POLÍTICA  |   27/06/2022 16h26

Uiraúna - PB
 

POLÍTICA  |   20/06/2022 13h42

Uiraúna - PB