POLÍTICA

Estado vai pagar auxílio de R$ 500,00 por mês para órfãos em decorrência da covid
Na Paraíba, mais de 740 pessoas estão órfãs de pai e mãe devido à covid-19 e terão direito ao auxílio.


Reprodução

O governador João Azevêdo e os demais governadores do Nordeste aprovaram, nessa segunda-feira (19), em reunião virtual do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), a criação de um auxílio social de R$ 500,00 mensais, a ser pago em cada um dos nove estados da Região, aos filhos que ficaram órfãos devido à morte de pais ou responsáveis por Covid-19.

 
O projeto denominado de "Nordeste Acolhe" será encaminhado às Assembleias Legislativas de cada estado no mês de agosto. 

O governador João Azevêdo destacou que a iniciativa representa a preocupação e a responsabilidade do poder público em cuidar das pessoas.
 

A pandemia nos trouxe perdas irreparáveis e, infelizmente, muitas crianças e adolescentes perderam seus pais para o coronavírus e nós temos o compromisso social de prestar essa assistência e ajudar a eles e seus familiares, garantindo direitos. Esse é um esforço conjunto dos governadores da nossa Região para amparar quem necessita do nosso cuidado e atenção", frisou. 

 
Somente na Paraíba, mais de 740 pessoas estão órfãs de pai e mãe devido à covid-19 e terão direito ao auxílio.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



POLÍTICA  |   19/08/2022 13h10





POLÍTICA  |   19/08/2022 02h02


POLÍTICA  |   18/08/2022 13h21

Uiraúna - PB