REGIONAIS | EDUCAÇÃO

IFPB discute proposta do MEC que prevê criação do IF no alto sertão
O assunto tem trazido preocupado dirigentes dos IFs de todo o País que debate o tema e busca mais informações sobre a proposta.


Reprodução

O Colégio de Dirigentes do Instituto Federal da Paraíba (IFPB) está reunido nesta segunda-feira (06) para discutir um projeto apresentado pelo Ministério da Educação (MEC) de reordenamento da Rede Federal de Ensino no país.

Com isso, prevê-se o desmembramento do IFPB e criação do IF no alto sertão da Paraíba. A proposta traz preocupações para os reitores de todos os IFs do Brasil, por conta disso, a direção das instituições debatem sobre o assunto.

 
De acordo com informações recebidas pelo ClickPB, o IFPB repassou que projeto do MEC prevê a “criação” de 10 novos IFs em todo o Brasil. Na Paraíba deve ocorrer a criação do Instituto Federal do Sertão da Paraíba. Com o desmembramento, o IFPB manterá, na sua estrutura administrativa, dois terços dos atuais 21 campi, enquanto o IF Sertão da Paraíba ficará com um terço do IFPB.
 
Nessa proposta do MEC, o objetivo é encurtar as distâncias geográficas entre os campi e reitoria. No entanto, não há informações sobre aumento de vagas em processos seletivos. No entanto, o assunto preocupa reitores dos IFs do Brasil. Essa proposta foi inicialmente discutida em 2018, durante o Governo de Michel Temer e volta ao debate como tema de interesse do Ministério da Educação. Na semana passada, o reitor do IFPB, Nicácio Lopes, esteve em reunião em Brasília sobre o debate do tema.

Na reunião de hoje, com Colégio de Dirigentes do IFPB, formado por pró-reitores, diretores-gerais dos campi e assessores especiais, deve ser divulgado um cronograma de reuniões que acontecerá com discentes, docentes, representantes sindicais para debater e colher informações que vão nortear ajuste na proposta do governo federal.

 
Mais reuniões com dirigentes do País

Ainda nesta semana, os reitores dos institutos Federais do Maranhão, Piauí, Ceará, Paraíba, Pernambuco, Bahia, São Paulo, Paraná, Pará, Rondônia e Amazonas participam de reuniões estratégicas. A ideia é coletar informações sobre essa proposta do MEC. O reitor do IFPB, por meio da assessoria de imprensa, professor Nicácio Lopes, informou os institutos federais contemplados com o desmembramento das suas atuais estruturas têm o prazo de 15 dias para sugerir as emendas ao projeto do Governo Federal.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



REGIONAIS  |   18/10/2021 06h48

Joca Claudino - PB
 




REGIONAIS  |   18/10/2021 06h27

Uiraúna - PB
 

REGIONAIS  |   15/10/2021 12h45

Uiraúna - PB