AUTO & ESPORTES

Gol anulado e pênalti não marcado: a atuação do VAR em Vasco x Cruzeiro


O VAR foi bastante acionado no jogo entre Vasco e Cruzeiro, neste domingo, em São Januário, no Rio de Janeiro, pela 25ª rodada da Série B. Dois lances analisados por Rodolfo Toski Marques, responsável pela cabine de vídeo, influenciaram no empate por 1 a 1.


Aos 15 minutos do segundo tempo, o árbitro André Luiz de Freitas Castro foi alertado por Toski Marques sobre um possível pênalti de Marquinhos Gabriel em Adriano. O replay mostrou o meia vascaíno “abraçando” o volante cruzeirense.

Na opinião de Sandro Meira Ricci, comentarista da Central do Apito da TV Globo, a penalidade deveria ter sido marcada. Entretanto, André Luiz de Freitas Castro foi orientado a dar prosseguimento à partida.

Já aos 47 minutos, o Vasco encaixou um contra-ataque com Gabriel Pec, que ganhou de Ramon e tocou em direção a Daniel Amorim. O centroavante se livrou da marcação celeste e encheu o pé na saída de Fábio.

O VAR revisou a jogada, verificou toque na mão direita de Gabriel Pec e marcou falta para o Cruzeiro. Na sequência, o time mineiro conseguiu um escanteio e deixou tudo igual aos 49, em finalização de Ramon após lançamento de Rafael Sobis e desvio de Felipe Augusto.

No geral, os cariocas dominaram as ações no primeiro tempo, e os mineiros pressionaram no segundo. De acordo com o SofaScore, a Raposa obteve ligeira vantagem na posse de bola: 51% a 49%. Já o cruz-maltino contabilizou uma finalização a mais: 10 a 9.

O resultado na abertura da 25ª rodada fez o Vasco chegar a 34 pontos, na nona posição, enquanto o Cruzeiro permaneceu em 13º, com 31. Ambos os clubes estão distantes do G4, que tem o CRB em 4º lugar, com 41.






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



AUTO & ESPORTES  |   15/10/2021 14h35





AUTO & ESPORTES  |   15/10/2021 07h43


AUTO & ESPORTES  |   15/10/2021 05h29

Sousa - PB